ELAS PERIFÉRICAS

Fundação Tide Setubal

“Encontro formativo com a 2ª edição do Elas Periféricas”

A jornada das duas edições do programa Elas Periféricas, da Fundação Tide Setubal, foi repleta de aprendizados e desafios e, com nossa execução técnica, fortaleceu iniciativas de mulheres negras periféricas na cidade de São Paulo, bem como dos territórios periféricos em que elas estão inseridas.

A estruturação desse programa pode ser considerada histórica por valorizar a liderança de mulheres negras e periféricas. Realizamos o edital de seleção dos projetos e, antes do início do ciclo de potencialização, a Fundação Tide Setubal e a ponteAponte estabeleceram eixos e dimensões na matriz de indicadores para o acompanhamento das iniciativas, sendo: ▪ Estruturação ▪ Perfil da equipe ▪ Canais de comunicação ▪ Sustentabilidade Financeira.

 

 

“Atividade no encontro formativo”

 

O modelo atual do edital nos permitiu um mergulho e conhecimento personalizado das organizações, conexão com os territórios, formação de redes e impulsionamento de novas conexões. Um programa customizado que se permitiu ser um laboratório para experimentação e aprendizado colaborativo.

Os resultados dos encontros formativos e das mentorias podem ser observados no interior de cada organização com visível aumento de suas capacidades internas para participação em chamadas, e externamente, da forma pioneira e potente com a qual o programa chegou para o mundo.

 

Conheça as iniciativas potencializadas nas duas edições:

1ª edição

Biblioteca Djeanne Firmino

Coletivo Cultural Esperança Garcia

Manifesto Crespo

Mapô Awá

Minas Programam

Nós, mulheres da periferia

 

2ª edição

Agência Queixadas

Coletivo Levante Mulher

Coletivo Mulheres de Orí

NoFront – Empoderamento financeiro

Perifeminas F.C.

Rede Nóis por Nóis

 

Confira o vídeo de encerramento: Clique Aqui

“Encontro formativo com a 1ª edição do Elas Periféricas”